Charles Bukowski | Frases Famosas

Charles Bukowski | Frases Famosas

Charles Bukowski foi um escritor, pensador e poeta, conhecido por sua personalidade franca, impetuosa, pessimista e nostálgica. Nasceu em 1920 na Alemanha e morreu em 1994 vítima de leucemia. Ele viveu grande parte de sua vida em Los Angeles, uma cidade em cujos subúrbios perigosos se inspirou em sua juventude. A magnitude das suas ideias sobre a existência e a dor pela vida que ele exala, nos permite refletir e reconsiderar sobre o que nos rodeia, quem somos e onde nos encontramos.

 
—-




Charles Bukowski | Frases Famosas:

  

  • A Bíblia diz: ‘Amai ao próximo.’ – Isso poderia significar algo como: ‘Deixe-o em paz.
  • A civilização é uma causa perdida; política, uma mentira absurda; trabalho, uma piada cruel.
  • A diferença entre uma democracia e uma ditadura consiste em que numa democracia se pode votar antes de obedecer ás ordens.
  • A morte está fumando meus charutos.
  • A vida é tão agradável quanto você permite que seja.
  • Acho que a gente devia encher a cara hoje, depois a gente fala mal dos inúteis que se acham superimportantes.
  • Alguns perdem a cabeça e enlouquecem. Alguns perdem suas almas e se tornam mentes intelectuais. Alguns perdem ambos e são aceitos.
  • As pessoas deviam ser leais umas com as outras, mesmo que não fossem casadas. Em certa medida, a confiança devia ser mais profunda, porque não era santificada pela lei.
  • As pessoas são interessantes no início. Aos poucos, porém, todos os defeitos e loucuradas botam as manguinhas de fora, é inevitável. Começo a significar cada vez menos para as pessoas, e elas para mim.
  • As pessoas simplesmente não eram interessantes para mim. Talvez não precisasse ser. Mas animais, pássaros e até insetos eram. Eu não conseguia entender.
  • Às vezes, pessoas insignificantes que permanecem por muito tempo em um lugar, alcançam certo poder e prestígio.
  • Beleza não vale nada e depois não dura. Você nem sabe a sorte que tem de ser feio. Assim quando alguém simpatiza contigo, já sabe que é por outra razão.
  • Cheguei numa fase da minha vida que vejo que a única coisa que fiz até agora foi fugir, fugir de mim mesmo, do meu nada, e agora não tenho mais para onde ir, nem sei o que vou fazer, fui péssimo em tudo.
  • Claro que é possível amar outra pessoa se você não a conhece bem.
  • Conhecimento, se você não sabe como aplicá-lo, é pior do que ignorância.
  • De algum modo, sentia que estava ficando meio maluco. Mas sempre me sentia assim. De qualquer forma, a insanidade é relativa. Quem estabelece a norma?
  • É bom sentir hostilidade, mantenha a cabeça limpa.
  • É este o problema com a bebida, pensei, enquanto me servia dum copo. Se acontece algo de mau, bebe-se para esquecer; se acontece algo de bom, bebe-se para celebrar, e se nada acontece, bebe-se para que aconteça qualquer coisa.
  • É incrível o que um homem tem que fazer apenas para poder comer, dormir e se vestir.
  • E se por acaso a religião não contivesse em si verdade nenhuma, os tolos que nela acreditavam seriam então, duplamente idiotas.
  • Ela era uma alma mais ou menos boa, mas o mundo está cheio de almas mais ou menos boas e vejam onde estamos.
  • Eles engolem Deus sem pensar. Eles engolem a Pátria sem pensar. Em breve, eles se esquecem de como pensar, deixando outros pensarem por eles.
  • Encontre o que você ama e deixe que isso o mate. Deixe isso levar tudo de você. Deixe que ele suba em suas costas e o leve ao nada.
  • Enquanto um homem tivesse vinhos e cigarros à sua disposição, ele poderia resistir.
  • Era isso que eles queriam: mentiras. Mentiras maravilhosas. Era disso que precisavam. As pessoas eram idiotas, seria fácil pra mim assim.
  • Esperando a morte como um gato que vai pular na cama …
  • Essas palavras que escrevo me protegem da completa loucura.
  • Estamos aqui para fazer desaparecer os ensinamentos da igreja, do estado e do sistema educacional.
  • Eu amo-te como um homem ama uma mulher que ele nunca toca, só escreve, e guarda dela poucas fotografias.
  • Eu começava a ficar deprimido. Minha vida não estava indo para lugar algum. Precisava de alguma coisa, o brilho das luzes, glamour, alguma porra. E ali estava eu, conversando com os mortos.

Charles Bukowski | Frases Famosas

  • Eu era pior que qualquer puta; uma puta só toma seu dinheiro, nada mais. Eu bagunçava vidas e almas como se fossem brinquedos. Como é que eu ainda me considerava um homem?
  • Eu estava longe de ser uma pessoa interessante. Não queria ser uma pessoa interessante, dava muito trabalho. Eu queria mesmo um espaço sossegado, e obscuro pra viver a minha solidão; por outro lado, de porre, eu abria o berreiro, pirava, queria tudo, e não conseguia nada.
  • Eu parei de procurar uma garota dos sonhos, eu só queria uma que não fosse um pesadelo.
  • Existem coisas piores que estar sozinho mas geralmente leva décadas para entender isso e quase sempre quando você entende é tarde demais. E não há nada pior que tarde demais.
  • Gente estúpida misturada com gente estúpida. Que se estupidifiquem entre eles.
  • Gostava mais quando conseguia imaginar grandeza nos outros, mesmo que nem sempre houvesse.
  • Gosto de pensar em todas aquelas pessoas que me ensinaram coisas que eu nunca tinha imaginado antes.
  • Havia um pouco de música; a vida parecia um pouco mais agradável, melhor.
  • Literatura é que nem mulher: quando não presta, nem vale a pena perder tempo.
  • Me sinto bem em não participar de nada. Me alegra não estar apaixonado e não estar de bem com o mundo. Gosto de me sentir estranho a tudo.
  • Meu quarto. A melhor coisa que havia ali era a cama. Gostava de ficar ali deitado por horas, mesmo durante o dia, com as cobertas puxadas até o queixo. Era bom ficar ali, nada acontecia por ali, nenhuma pessoa, nada.
  • Minha ambição é prejudicada pela preguiça.
  • Minha mente estava amotinada contra o meu destino e a minha vida, e a única maneira de acalmá-la era beber e beber e beber.
  • Não era meu dia. Não era minha semana. Não era meu mês. Não era meu ano. Não era a porra da minha vida.
  • Não gostava de nada. Vai ver eu estava com medo. É isso: eu tinha medo. Eu queria ficar sozinho num quarto com a janela fechada. Fiquei curtindo essa ideia. Eu era um trambolho. Eu era um lunático.
  • Não há nada a lamentar sobre a morte, assim como não há nada a lamentar sobre o crescimento de uma flor. O que é terrível não é a morte, mas as vidas que as pessoas levam ou não levam até a sua morte.
  • Não há nada que ensine mais do que se reorganizar depois do fracasso e seguir em frente.
  • Não posso dizer que odiei o mundo dos homens e das mulheres, mas eu sentia um certo nojo que me separava dos artesãos e dos comerciantes, dos mentirosos e dos amantes, e agora, décadas mais tarde, sinto esse mesmo nojo.
  • Não sei quanto às outras pessoas, mas quando me abaixo para colocar os sapatos de manhã, penso, Deus Todo-Poderoso, o que mais agora?
  • Não sou boa companhia, não gosto de conversar. Não quero trocar ideias – ou almas. Sou apenas um bloco de pedra para mim mesmo. Quero ficar dentro do bloco, sem ser perturbado.
  • Não, eu não odeio as pessoas. Só prefiro quando elas não estão por perto.
  • No amor e na guerra vale tudo, exceto rastejar. Na guerra você morre de pé e no amor se despede com dignidade.
  • Nós nascemos assim, nisso: Nos hospitais que são tão caros, que são baratos para morrer; num país onde as cadeias estão cheias e os hospícios estão fechados; num lugar onde as massas elevam idiotas em heróis ricos.

—-



Charles Bukowski | Frases Famosas

  • Nunca espere demais, da sorte ou dos outros, no fim não há quem não decepcione você.
  • Nunca inveje a esposa de um homem. Por trás de tudo isso está o inferno. Apareceu em uma carta para Steve Richmond.
  • Nunca me senti só. Gosto de estar comigo mesmo. Sou a melhor forma de entretenimento que posso encontrar.
  • O amor é uma espécie de preconceito. A gente ama o que precisa, ama o que faz sentir bem, ama o que é conveniente. Como pode dizer que ama uma pessoa quando há dez mil outras no mundo que você amaria mais se conhecesse? Mas a gente nunca conhece.
  • O inferno era o que a gente fazia dele.
  • O melhor é esquecer de tudo, quando uma mulher se volta contra você. Elas podem te amar um tempo; mas um dia dá um click, e, então, veem você morrendo atropelado na sarjeta e ainda cospem em cima.
  • O que eu odeio é que algum dia tudo se reduzirá a nada, os amores, os poemas. Acabaremos recheados de terra como um taco barato. Que coisa mais triste, tudo é tão triste – a gente passa a vida inteira feito bobo pra depois morrer que nem besta.
  • O relógio estava funcionando, velho despertador, deus o abençoe, quantas vezes olhei para ele às 7 e meia da manhã, manhãs de ressaca, e disse, foda-se o trabalho, FODA-SE O TRABALHO!
  • Observava as pessoas à distância, como numa peça de teatro. Apenas eles estavam no palco e eu era plateia de um homem só.
  • Os cães têm pulgas, as pessoas têm problemas.
  • Pessoas apaixonadas eram frequentemente cortantes, perigosas. Eles perderam o senso de perspectiva. Eles perderam o senso de humor. Eles ficaram nervosos, psicóticos, entediados. Eles até se tornaram assassinos.
  • Por mínimo que seja o que um homem possua, sempre descobre que pode contentar-se ainda com menos.
  • Posso relaxar com os imprestáveis, porque sou um imprestável. Não gosto de leis, morais, religiões, regras. Não gosto de ser moldado pela sociedade.
  • Posso viver sem a grande maioria das pessoas. Elas não me completam, me esvaziam.
    Quando a gente acha que chegou no fundo do poço, sempre descobre que pode ir ainda mais fundo. Que escrotidão.
  • Qualquer coisa pode enlouquecer um homem porque a sociedade é baseada em fundamentos falsos.
  • Quando algo ruim acontece, você bebe para esquecer; se algo de bom acontecer, você bebe para comemorar; e se nada acontecer, você também bebe para que algo aconteça.
  • Quando era jovem, eu vivia deprimido. Mas, agora, o suicídio não era mais uma saída pra mim. É o que parecia. Na minha idade, já não sobrava muito que matar.
  • Quando o amor se torna uma ordem, o ódio pode se tornar um prazer.

Charles Bukowski | Frases Famosas

  • Quanto mais o tempo passa, menos eu significo para as pessoas e menos elas significam pra mim.
  • Raramente encontro uma pessoa rara ou interessante. É mais que perturbador, é um choque constante.
  • Sabia que tinha alguma coisa fora do lugar em mim. Eu era uma soma de todos os erros: bebia, era preguiçoso, não tinha um deus, ideias, ideais, nem me preocupava com política. Eu estava ancorado no nada, uma espécie de não-ser. E aceitava isso.
  • Se você vai tentar, vá até o fim, caso contrário, nem comece.
  • Sempre haverá dinheiro e prostitutas e bêbados, até a última bomba cair.
  • Tem sempre alguém para estragar o dia da gente, senão a vida.
  • Tive vontade de chorar, mas as lágrimas nunca saíram. Era aquele tipo de tristeza, tristeza doentia, aquela em que você não consegue se sentir pior. Acho que todo mundo passa por isso de vez em quando, mas para mim é com muita frequência.
  • Tudo logo se torna chato e mortal. Acordamos pela manhã, jogamos o pé para fora da cama, colocamo-los no chão e pensamos ‘ah, merda, e agora?
  • Um intelectual é um homem que diz uma coisa simples de uma maneira difícil; um artista é um homem que diz uma coisa difícil de uma maneira simples.
  • Várias vezes pensei em desistir e morrer. Encontrei uma lata vermelha e verde, linda. “Perigo”, dizia na lata, “prejudicial ou fatal se ingerida”. Eu era um covarde: pus a lata de volta no lugar.
  • Viver é um problema.
  • Você começa a salvar o mundo salvando um homem.
  • Você precisa morrer algumas vezes antes de poder viver de verdade.