Clarice Lispector

Clarice Lispector, nascida Chaya Pinkhasovna Lispector, nasceu em Chechelnyk no dia 10 de dezembro de 1920, foi uma escritora e jornalista ucraniana naturalizada brasileira. Autora de romances, contos e ensaios, é considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX e a maior escritora judia desde Franz Kafka. Sua obra está repleta de cenas cotidianas simples e tramas psicológicas, reputando-se como uma de suas principais características a epifania de personagens comuns em momentos do cotidiano. Quanto às suas identidades nacional e regional, declarava-se brasileira e pernambucana.

Suas principais obras marcam cada período de sua carreira. Perto do Coração Selvagem foi seu livro de estreia, publicado quando Clarice tinha 24 anos de idade; Laços de Família, A Paixão segundo G.H., A Hora da Estrela e Um Sopro de Vida são seus últimos livros publicados. Faleceu no dia 9 de dezembro de 1977, um dia antes de completar 57 anos, em decorrência de um câncer de ovário. Deixou dois filhos e uma vasta obra literária composta de romances, novelas, contos, crônicas, literatura infantil e entrevistas.

Clarice Lispector

“Sou apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer.”

“Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade.”

“Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.”

“Não suporto meios-termos. Por isso, não me doo pela metade. Não sou sua meio amiga, nem seu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada.”

“Gosto de fazer as pessoas felizes, mesmo quando eu estou triste.”

“Sim, minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem das grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite.”

“O que o ser humano mais aspira é tornar-se ser humano.”

“Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar.”

“Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho.”

“Passei a vida tentando corrigir os erros que cometi na minha ânsia de acertar.”

Clarice Lispector

“Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado, com certeza vai mais longe.”

“Enquanto eu tiver perguntas e não houver resposta continuarei a escrever.”

“Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito.”

“Ouse, arrisque, não desista jamais e saiba valorizar quem te ama, esses sim merecem seu respeito. Quanto ao resto, bom, ninguém nunca precisou de restos para ser feliz.”

“E umas das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi criadora de minha própria vida.”

“Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada.”

“Você só terá sucesso na vida quando perdoar os erros e as decepções do passado.”

“Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome.”

“Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de alguém que o que mais queremos é tirar essa pessoa de nossos sonhos e abraçá-la.”

“Atitude é uma pequena coisa que faz uma grande diferença.”

Clarice Lispector

“Passei a vida tentando corrigir os erros que cometi na minha ânsia de acertar.”

“Nos piores momentos lembre-se: quem é capaz de sofrer intensamente, também pode ser capaz de intensa alegria.”

“Não entendo, apenas sinto. Tenho medo de um dia entender e deixar de sentir.”

“Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato…Ou toca, ou não toca.”

“Muito elogio é como botar água demais na flor. Ela apodrece.”

“Ser feliz é uma responsabilidade muito grande. Pouca gente tem coragem.”

“Antes de julgar a minha vida ou o meu caráter, calce os meus sapatos e percorra o caminho que eu percorri, viva as minhas tristezas, as minhas dúvidas e as minhas alegrias. Percorra os anos que eu percorri, tropece onde eu tropecei e levante-se assim como eu fiz.”

“Ainda bem que sempre existe outro dia. E outros sonhos. E outros risos. E outras pessoas. E outras coisas…”

“Eu sou uma eterna apaixonada por palavras, música e pessoas inteiras. Não me importa seu sobrenome, onde você nasceu, quanto carrega no bolso. Pessoas vazias são chatas e me dão sono.”

“Eu nunca fui livre na minha vida inteira. Por que dentro eu sempre me persegui. Eu me tornei intolerável para mim mesma.”

Clarice Lispector

“O medo sempre me guiou para o que eu quero. E porque eu quero, temo. Muitas vezes foi o medo que me tomou pela mão e me levou. O medo me leva ao perigo. E tudo o que eu amo é arriscado.”

“O que você tem, todo mundo pode ter…Mas o que você é, ah isso ninguém pode ser.”

“Não me provoque, tenho armas escondidas. Não me engane, posso não resistir. Não grite, tenho péssimo hábito de revidar.”

“É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão.”

“Valorize quem te ama, esses sim merecem seu respeito. Quanto ao resto, bom… ninguém nunca precisou de restos para ser feliz.”

“A gente tem o direito de deixar o barco correr… as coisas se arranjam, não é preciso empurrar com tanta força.”

“Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.”

“Não sou sempre flor. Às vezes espinho me define tão melhor. Mas só espeto os dedos de quem acha que me tem nas mãos.”

“Como começar pelo início, se as coisas acontecem antes de acontecer?”

“Só uma coisa a favor de mim eu posso dizer: nunca feri de propósito. E também me dói quando percebo que feri.”

“O maior obstáculo para eu ir adiante: eu mesma. Tenho sido a maior dificuldade no meu caminho. É com enorme esforço que consigo me sobrepor a mim mesma.”

“Amo e adoro tudo o que é simples, tanto que às vezes pareço exigente!”

“Eu sou mansa, mas minha função de viver é feroz.”

“Amar os outros é a única salvação individual que conheço: ninguém estará perdido se der amor e às vezes receber amor em troca.”

“Sou muito mais que essas letras, frases e fotos que falam sobre mim. Sou as minhas atitudes, os meus sentimentos, as minhas ideias.”

“Confie na minha transparência. Sou eternamente explícita. Se não gosto, não faço charme. Doa a quem doer, minha sinceridade e bem-estar são colocados em primeiro lugar, não nego.”

“Fique de vez em quando só, senão você será submergido. Até o amor excessivo dos outros pode submergir uma pessoa.”

“Sim, eu tenho milhares de defeitos, alguns medos, vários problemas. Mas e daí?”

Clarice Lispector