O senso de humor é uma das estratégias que mais nos ajudam a viver como humanos. Na verdade, o humor é uma característica especificamente humana e as piadas são uma forma divertida que convida as pessoas a rir e a serem felizes apesar das adversidades e contratempos, também ajudam a aliviar o estresse e são um remédio infalível para a saúde, de acordo com alguns estudos.

PIADAS DIVERSAS:

  • Na feirinha de arte, o turista escolhe um quadro:
    — Gostei! Vou levar este meu amigo!
    — O senhor fez uma ótima escolha! Essa tela me custou dez anos de vida! — diz o pintor.
    — Caramba! Dez anos? Deve ter dado um trabalhão! — diz o comprador.
    — Se deu! Foram dois dias para pintar e o resto para conseguir vender!
  • O marido chega em casa vindo do hospital, onde visitou sua sogra.
    Sua esposa pergunta: – Como está a minha mãe?
    O marido responde: – Sua mãe está muito bem, saudável como um cavalo e ainda viverá por muito tempo.
    Na semana que vem ela receberá alta do hospital e virá morar conosco por muitos e muitos anos.
    A mulher, surpresa, pergunta: – Como pode ser? Ontem mesmo ela parecia estar no seu leito de morte e a equipe médica dizia que ela deveria ter poucos dias de vida!?
    O marido surpreso: – Eu não sei como estava ontem, mas hoje, quando perguntei ao médico sobre o estado de sua mãe, ele me respondeu que deveríamos nos preparar para o pior.
  • Ontem fui ver o urologista, para fazer um controle anual.
    Para minha surpresa vi que se tratava de uma lindíssima mulher, ou seja, era uma urologista!!!
    Eu fiquei um pouco nervoso e sem saber o que fazer.
    Mas ela me tranquilizou e me disse:
    “Não se preocupe, eu sou uma profissional e já tenho visto e feito praticamente tudo… portanto me diga qual é o seu problema que eu irei examiná-lo, fazendo tudo o que for necessário…”
    Então eu respondi timidamente:
    “Minha esposa diz que meu pênis tem um gosto estranho…”
“No Brasil, quando o feriado é religioso, até ateu comemora” Jô Soares
  • Fui em uma concessionária e logo que entrei o vendedor me abordou.
    – Boa tarde! Posso ajudar o senhor? Gostou de algum veículo?
    – Boa tarde. Gostei desse aí.
    – Bom, estamos com uma mega promoção. Você levando este carro pagamos as 3 primeiras parcelas.
    – Sério?
    – Sério.
    – Vou levar então.
    – Em quantas parcelas?
    – Três!
  • O jovem passa na frente da igreja e conta para o pastor:
    – Pastor, eu estou procurando uma namorada e não consigo.
    – Tenha calma, meu filho, que a vitória já é sua! – diz o pastor.
    E o jovem responde:
    – Poxa, não dá pra você arrumar outra não? Porque a Vitória é bem feinha!
  • O filho diz para a mãe:
    – Mãe, comprei um relógio!
    – Que marca?
    – As horas.
    – hahahaha, engraçadinho. Comprei um cinto!
    – Que marca?
    – As costas.
  • A velhinha tinha problemas para lembrar das coisas e iria receber a visita de suas amigas que também não tinham uma boa memória. As amigas chegam e a velhinha pergunta:
    – Querem uma xícara de café?
    Dois minutos depois ela pergunta:
    – Querem uma xícara de café?
    Um minuto depois ela pergunta:
    – Querem uma xícara de café?
    E assim continua até que um bom tempo depois as amigas vão embora e comentam na saída:
    – Que mal-educada. Ela nem ofereceu um café!
    O filho da velhinha volta para a casa e pergunta para ela:
    – Mãe, como foi a visita das suas amigas?
    E a velhinha responde:
    – Filho, você acredita que elas nem vieram?
“Claro que eu tenho depressão. Tive seis mulheres, nove filhos e dez netos. Se eu não tivesse depressão, teriam de me internar, porque eu seria um psicopata” Chico Anysio

  • O rapaz estava há horas curtindo uma festa. Observando a feinha, que o tempo todo estava ali, sentada, ele se aproxima e diz:
    – Quer dançar?
    A feinha toda animada:
    – Quero sim!
    – Então vai, que eu quero é me sentar!
  • O médico chega para o paciente e diz:
    – Meu caro, receio que tenha uma boa e uma má notícia para você.
    O paciente diz:
    – Bom, Doutor, então me dê a má notícia primeiro.
    – Repetimos alguns exames e constatamos que seu câncer é terminal. Daremos alguns medicamentos para aliviar a dor, mas você tem no máximo seis meses de vida. Lamento muito.
    – Meu Deus do céu! Mas isso é terrível. Qual é a boa notícia?
    O médico de curva e diz em voz baixa, apontando com o dedo:
    – Está vendo aquela enfermeira logo ali?
    – Sim…
    – Muito bonita, não acha?
    – Realmente!
    – Pois então… estou pegando ela.
  • – Mamãe, papai, a partir de hoje quero morar sozinha. O que acham?
    – Puxa, minha filha, achamos ótimo!
    – Que bom… porque as malas de vocês dois já estão lá fora!
  • O menino passa pela porta do quarto dos pais e não consegue parar de olhar pela fechadura. Depois de um tempo, ele se afasta e exclama: ”
    Uau!” e depois me dizem para não enfiar os dedos no nariz.
  • Acabo de falar com um amigo que mora lá no Alasca e ele me disse que nessa madrugada fez 6 graus negativos e sensação térmica de -20 graus. Ele mora nos subúrbios da cidade e sua sogra está depressiva e não faz outra coisa a não ser olhar pela janela da cozinha. Me disse que se continuar nessa situação não vai ter outra alternativa, vai ter que deixar a velha entrar.
“Acostumava vender móveis para viver. O problema é que eles eram os meus” Les Dawson
  • O rapaz chega na padaria e pergunta ao padeiro:
    – Tem sonho?
    O padeiro responde:
    – Sim, claro!
    E o rapaz diz:
    – Então acredite nele e faça acontecer!
  • Fui ao banco e disse ao gerente:
    – Gostaria de abrir uma conta conjunta.
    Me perguntaram:
    – Com quem?
    Eu disse:
    – Com qualquer pessoa que tenha muito dinheiro.
  • Joãozinho doido para comer paçoquinha, perguntou a sua mãe:
    – Mãe compra paçoquinha pra mim. A mãe responde:
    – Tudo bem meu filho, mas Te dou o dinheiro e você vai comprar, pode ser?
    – Claro mãe, mas, não sei onde comprar.
    A mãe então explica:
    – É só você entrar onde tiver um monte de gente entrando que é lá.
    Assim segue Joãozinho. De repente Joãozinho vê um monte de pessoas entrando numa igreja e lá foi ele. Lá dentro ele ficou esperando, quando de repente o Padre perguntou:
    – O que o povo vem fazer na igreja?
    Joãozinho responde:
    – Comprar Paçoquinha…
  • O sujeito, decepcionado, se lamenta com os amigos
    – Vocês não vão acreditar! Minha mulher agora está cobrando para fazer sexo comigo! Outro dia ela cobrou 100 reais!
    – E você ainda reclama? Para nós ela está cobrando 200!
“Mais do que em qualquer outra época, a humanidade está numa encruzilhada. Um caminho leva ao desespero absoluto. O outro, à total extinção. Vamos rezar para que tenhamos a sabedoria de saber escolher” Woody Allen
  • O português estava reunido com os amigos, quando eles começaram a falar de lição de moral, e um dos amigos diz:
    – Outro dia eu estava andando na rua, quando eu vi um moleque de 12 anos comendo um doce, e quando ele acabou, ele jogou o papel no chão.
    E os amigos perguntaram:
    – E o que você fez?
    – Eu o peguei pelo braço, fiz ele pegar o papel, levei ele até a lata de lixo e disse pra ele. É ai que se joga.
    O português não se conteve e contou sua história.
    – Aconteceu comigo também, mas foi com um homem, eu cheguei em minha casa e falei pra Maria. Maria, parece que tem algo dentro do guarda-roupa, está fazendo barulho. E quando eu abri a porta do guarda-roupa, eu vi um homem pelado agachado dentro dele.
    E os amigos perguntaram.
    – E o que você fez?
    O português olhou sério para os amigos e disse:
    – Eu peguei-o pelo braço, o levei até o banheiro, mostrei a privada e disse. É aí que se caga, e não dentro do meu guarda-roupa.
  • A garota manda uma mensagem para seu ex-namorado:
    – E aí tudo bem com você?
    O ex responde:
    – Não, estou com frio, com fome e sem dinheiro. Só falta você aqui…
    – Pra te fazer companhia?
    – Não, pra completar a tragédia!
  • Um bêbado entra na igreja na hora da missa e se senta. O padre fica incomodado com ele e então fala para todos:
    – A bebida é um vício horrível, um bêbado jamais conseguira a salvação. Se algum de nós estiver bêbado, que fique de pé?
    Então o bêbado se levanta, olha todos sentados, então ele fala:
    – Então, seu padre, somos só nos dois mesmos!
  • Minha avó me explicando a diferença entre sexo gostoso, sexo super gostoso e amor.
    Minha filha, SEXO GOSTOSO é quando um homem te dá R$ 5.000 mensal, te leva para fazer compras e depois fazem sexo.
    SEXO SUPER GOSTOSO é quando o homem te dá R$ 10.000, te leva para conhecer vários países e depois fazem sexo.
    E amor vó? Perguntei o que é?…
    AMOR, minha neta, é uma palavra que o homem pobre inventou para te foder de graça.
  • Dois homens discutem os gostos literários de suas respectivas esposas.
    – Minha esposa adora aqueles livros que não sabem como vão acabar, e que até o fim nunca se pode adivinhar se tudo vai dar certo ou vai acontecer alguma tragédia.
    – Ah sim? Por exemplo, que tipos de livros?
    – Os de receitas culinárias.
“Sou contra os noivados muito prolongados. Dão tempo às pessoas para se conhecerem melhor, o que não me parece aconselhável antes do casamento” Oscar Wilde
  • Uma mulher resolveu chamar um carpinteiro para consertar um problema em seu armário.
    – Toda vez que o trem passa a porta se abre, e morando ao lado da linha do trem não dá para aguentar – ela tenta explicar o problema ao carpinteiro.
    – Vou fazer o seguinte. Entrarei no armário e quando um trem passar eu poderei ver se há algo de errado.
    Ele entra no armário e alguns minutos depois o marido dela chega e, percebendo o silêncio na casa, vai vagarosamente até o quarto (já esperando encontrar algum amante) e abre a porta do armário.
    – O que você está fazendo aqui? pergunta o marido.
    – O Sr. não vai acreditar, mas estou esperando o trem passar.

 

  • Conservador exagerado é aquele marido que, ao surpreender a esposa na cama com um vizinho, adverte-a severamente:
    — Está ficando moderninha, hein! Desse jeito, logo logo, você vai começar a fumar…
  • Dois portugueses resolveram cruzar a vaca de um e o touro de outro. Nesse cruzamento nasceu um bezerro. Mas surgiu a dúvida, quem ficaria com o bezerro?  Os dois acabaram na delegacia.  Chegando lá um dos portugueses virou para o delegado e perguntou:
    – Seu delegado o senhor é uma vaca e eu um touro,  trepo com o senhor e nasce um bezerro, de quem é o bezerro?
    Mais que depressa o delegado em voz alta responde:
    – É da puta que te pariu…
    O português olha para o outro e responde:
    – Viu não é meu nem teu, é da minha mãe!

 

  • O casal descobriu que o único jeito de se livrarem de seu filho de sete anos
    por algumas horas no domingo seria colocá-lo na sacada do apartamento
    e pedir para ele relatar as atividades da vizinhança.
    Os pais puseram seu plano em ação e o garoto começou seus comentários,
    enquanto eles se divertiam na cama.
    – Tem um carro sendo guinchado aí na rua!
    Um pouquinho depois:
    – Tem uma ambulância parando lá na esquina!
    Passados mais alguns minutos:
    – Parece que a família do seu Valdemar está recebendo visita!
    E continuou:
    – O Pedro ganhou uma bicicleta nova!
    De repente o casal é surpreendido com a notícia:
    – Os pais da Karina estão trepando!
    Os dois pulam da cama e correm até a sacada.
    – Você está vendo isso daí? – pergunta o pai.
    – Não… – responde o garoto – é que a Karina também tá sentadinha na sacada.
  • Um casal, casado há muitos e muitos anos, estava na cama fazendo sexo. Lá pelas tantas o marido pergunta:
    – Amor, estou te machucando?
    – Não, bem, por que você está perguntando?
    – É que você se mexeu!
“Quando eu era criança, eu disse ao meu pai uma tarde: “Papai, você vai me levar para o zoológico?” Ele respondeu: “Se o zoológico o quiser, deixe-os vir e pegar você” Jerry Lewis
  • No confessionário:
    – Padre, o senhor soube que o Mario morreu?
    – Que triste, filho, o que foi que aconteceu com ele?
    – Ele ia para minha casa e estava vindo a toda velocidade. O Mario sempre foi de correr muito. Quando ele ia chegando e tentou parar, os freios falharam e o carro chocou-se do jeito que vinha na mureta lá em frente. O Mario foi lançado pelo teto solar, voou uns 10 metros, e acabou se arrebentando contra a janela do meu quarto, no segundo andar.
    – Ave Santíssima, que modo horrível de morrer!
    – Não, não, padre! Ele sobreviveu a isso. Ele acabou no chão do meu quarto, todo arrebentado, sangrando e coberto de vidro. Foi então que ele tentou se levantar e pegou na maçaneta do meu guarda-roupa. É um guarda-roupa antigo, todo em jacarandá, pesadíssimo. Quando ele estava se erguendo, o guarda-roupa, que estava com um pé defeituoso, desabou em cima dele amassando tudo quanto foi osso do corpo dele.
    – Pobre Mario! Que morte terrível!
    – Não, padre, isso machucou muito, mas não matou ele.Com muito esforço, ele conseguiu sair de baixo do guarda-roupa e engatinhou até a sacada que fica no topo da escada do hall. Ali ele tentou se levantar, apoiado no corrimão, mas o peso dele quebrou o corrimão e ele desabou até o chão do hall lá embaixo. Dois paus do corrimão quebrado ainda caíram sobre ele e o transfixaram.
    – Mas que horror se morrer assim!
    – Mas não foi isso que o matou. Ele conseguiu arrancar os dois paus do corpo, engatinhou até a cozinha e tentou se levantar apoiado no fogão. Sem querer, pegou na alça de uma panela que estava fervendo água e derramou a água fervendo por cima dele, queimando toda a pele.
    – Que morte sofrida, Mãe do Céu!
    – Não, não, ele conseguiu sobreviver a isso. Mas lá estava ele caído no chão, numa poça de água fervente, quando viu o telefone na parede. Deve ter pensado em pedir ajuda. Apoiou-se na parede e tentou alcançá-lo. Mas, em vez do telefone ele meteu a mão na caixa de fusíveis e zap! 10.000 volts passaram por ele.
    – Ave Maria! Que fim terrível!
    – Não, padre, isso ainda não matou ele. Ele… – Espere ai, filho!
    – Afinal, como foi que ele morreu?
    – Padre, eu atirei nele.
    – Você ficou maluco, filho? Por que você atirou no pobre coitado?
    – Pô, padre, o cara estava destruindo a minha casa!
  • No zoológico, um canguru vivia fugindo do cercado. Os tratadores sabiam que ele pulava alto e construíram uma cerca de 3 metros. Não adiantou, porque o canguru sempre fugia. Então, ergueram uma cerca de 6 metros. E ele saiu de novo.
    Quando a cerca já estava com 12 metros, o camelo do cercado vizinho perguntou ao canguru:
    – Até que altura você acha que eles vão?
    O canguru respondeu:
    – Mais de 300, a menos que alguém tranque o portão à noite.
  • Depois de mais de 5 anos longe e sem dar notícias, a filha aparece em casa. O pai logo exige uma explicação.
    – Virei prostituta e não tive coragem de contar.
    O pai, fica descontrolado.
    – Vagabunda, você é a vergonha da família… Nunca mais volte aqui.
    – Desculpe pai, eu imaginava isso. Porém, só quero deixar essa escritura de um apartamento no Morumbi para a mamãe, uma poupança de 500 mil para o meu irmão…. E pra você, esse Rolex e uma BMW zero que está estacionada na rua.
    – O que você disse que era mesmo?
    – Prostituta.
    – Que susto, eu entendi professora substituta, dá aqui um abraço no papai!
  • Depois de uma noite ruim no cassino, o homem sai e vai até um taxi e pergunta:
    – Amigo, você poderia me levar até o aeroporto por 10 reais? É que eu não tenho mais dinheiro comigo, mas na semana que vem eu estou de volta e pagarei o restante.
    O taxista recusa no ato e o homem acaba se vendo obrigado a andar dez quilômetros até o aeroporto.
    Na semana seguinte ele volta ao cassino e ganha 100 mil reais. Na hora de ir embora, ele se lembra do taxista da última semana. Com um sorriso nos lábios, ele entra no primeiro taxi e pergunta:
    – Te dou 300 reais para você passar a noite comigo no motel e de manha me levar até o aeroporto.
    O taxista, espantado, recusa na hora e o expulsa do carro. O homem vai fazendo essa pergunta para todos os taxistas da fila, sempre sendo enxotado, até chegar no último.
    – Te dou 300 reais se você me levar até o aeroporto. Só quero que você acene para seus amigos taxistas quando estivermos saindo daqui.
    – Claro! Porque não!?!
    E lá foi ele, acenando e sorrindo para todos os seus amigos taxistas a caminho do aeroporto.
  • Um padre recém-chegado em uma paróquia encontra uma menina levando uma vaca! e pergunta:
    – Aonde você vai com esta vaca?
    – Eu vou levar para cruzar com o touro do Zé.
    O padre meio envergonhado diz para a menina:
    – Mas seu pai não pode fazer isso?
    A menina responde:
    – Não, padre, tem que ser o touro mesmo!