Provérbios Japoneses

A filosofia japonesa origina-se do desenvolvimento cultural do Japão , através de processos religiosos e históricos que surgiram do pensamento chinês , permanecendo até o período Heian , do qual se inicia o pensamento japonês e como o primeiro, visa o questões de sabedoria prática. O pensamento japonês moderno se desenvolveu sob fortes influências ocidentais, como o estudo da ciência ocidental (chamada ” Rangaku “) e a sociedade intelectual modernista Meirokusha , que foi inspirada pelo pensamento europeu.

—-



Provérbios Japoneses

  • A chuva é um problema apenas para quem não quer se molhar.
  • A disciplina acabará vencendo a inteligência.
  • A jornada mais longa começa com uma primeira etapa.
  • A lenha prometida não aquece a casa.
  • A tristeza é como um vestido rasgado: é melhor não sair com ele.
  • Antes de quebrar o silêncio, certifique-se de que suas palavras são melhores do que isso.
  • Antes de questionar outra pessoa, verifique seus próprios pensamentos sete vezes.
  • Aos 10 anos você é um milagre. Aos 20, você se torna um gênio. Aos 30, você é apenas uma pessoa comum.
  • Aquele que consegue esperar meia hora a mais que seu oponente alcançará a vitória.
  • Aqueles que se agarram à vida morrem, aqueles que desafiam a morte sobrevivem.
  • Até a poeira quando se acumula forma uma montanha.
  • Com a primeira taça o homem bebe vinho, com a segunda o vinho bebe vinho e com a terceira o vinho bebe o homem.
  • Deixe que os tolos e loucos passem primeiro em um caminho qualquer.
  • É de inimigos, não de amigos, que as cidades aprendem a lição de construir muros altos.
  • É melhor não deter quem quer sair, ou mandar embora quem acaba de chegar.
  • É preferível ser inimigo de alguém bom do que amigo de alguém que é mau.
  • Enquanto se está deitado na cama, ninguém tropeça.
  • Estudar o passado é a melhor maneira de aprender para o futuro.
  • Faça bem o que está em seu poder, o resto será feito pelo destino.
  • Grandes pessoas existem por causa de pessoas comuns.
  • Há uma porta pela qual a boa ou a má sorte pode entrar, mas é você quem tem a chave.
  • Não diga que é impossível, melhor dizer que você ainda não o fez.
  • Não são as flores mais bonitas que dão os melhores frutos.
  • Não tão devagar para que a morte te alcance, nem tão rápido para que você alcance a morte.
  • Não vale a pena se preocupar se um problema tem solução. E se você não tem, não adianta se preocupar também.
  • Nenhuma flecha é disparada contra um rosto sorridente.
  • O mar é tão grande porque não menospreza os riachos.
  • O peixe que escapa sempre parece o maior.
  • O riso clama por felicidade.
  • O sapo no fundo da piscina não sabe nada sobre o grande oceano.
  • O significado de rápido é ir devagar, mas sem parar.
  • O sol não sabe nem de bons nem de maus: aquece e ilumina a todos igualmente.
  • Os ladrões terão tempo para descansar, os vigilantes nunca.
  • Para quem está preparado não há perigo.
  • Passar um tempo rindo é como estar com os deuses.
  • Quem bebe não conhece os malefícios do vinho; quem não bebe não conhece suas virtudes.
  • Rios muito profundos fluem lentamente.
  • Se encontrar é o começo da separação.
  • Se ninguém habitar uma casa, ela logo cairá.
  • Se uma mulher quer algo, ela irá através das montanhas.
  • Se você acredita em tudo que lê, então é preferível não ler.
  • Se você pensar sobre algo, decida. Se você já decidiu, pare de pensar nisso.
  • Somente se mantendo ativo você desejará viver cem anos.

—-



  • Um casamento tem que ser como mãos e olhos. Se a mão dói, os olhos choram, e se choram, a mão seca as lágrimas.
  • Um minuto de vergonha por perguntar algo pode significar uma vida inteira de ignorância.
  • Um navio com cem marinheiros é capaz até de subir uma montanha.
  • Uma palavra amável pode ser o calor de três meses de inverno.
  • Vitória não é o a que ensina, você aprende mais com a derrota.
  • Você pode precisar de sua espada apenas uma vez na vida, mas será preciso carregá-la sempre.

O pensamento japonês moderno se desenvolveu sob fortes influências ocidentais, como o estudo da ciência ocidental (chamada ” Rangaku “) e a sociedade intelectual modernista Meirokusha , que foi inspirada pelo pensamento europeu. O século 20 viu o surgimento do xintoísmo estatal e também do nacionalismo japonês . A Escola de Kyoto , uma escola de filosofia japonesa influente, também emergiu influenciada pela fenomenologia ocidental e pela filosofia budista japonesa medieval.